China apoia ONU com ações concretas, diz porta-voz da chancelaria

(Alpha Xinhuanet)

2  MIN LEITURA

Beijing, China (Alpha Xinhuanet) – O apoio da China às Nações Unidas (ONU) é concreto, uma vez que o país pagou integralmente suas taxas de afiliação e de manutenção da paz este ano, destacou nesta sexta-feira a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Hua Chunying.

Catherine Pollard, vice-secretária-geral da ONU para estratégia, política e conformidade de gestão, informou recentemente à Assembleia Geral sobre a situação financeira da ONU. Segundo seu relatório, 43 estados membros, incluindo a China, pagaram integralmente suas participações anuais e de manutenção da paz em 2020. Enquanto isso, a entidade enfrenta dificuldades, incluindo liquidez insuficiente e pagamentos atrasados de alguns estados membros.

Como a segunda maior colaboradora do orçamento ordinário da ONU e um país responsável, a China sempre cumpriu com sinceridade suas obrigações financeiras com a organização, disse Hua em uma entrevista coletiva.

“O pagamento integral da China de suas participações demonstra seu apoio à ONU com ações concretas”, enfatizou.

O pagamento oportuno e completo das taxas é uma obrigação legal que todos os estados membros da ONU devem cumprir, e os principais países devem desempenhar um papel exemplar em relação às dificuldades financeiras da entidade, disse ela.

Como a comunidade internacional é confrontada com muitos desafios globais, como a pandemia da COVID-19, salvaguardar o multilateralismo e o sistema internacional com a ONU no núcleo é do interesse de todas as partes, disse a porta-voz, acrescentando que a China continuará apoiando o trabalho da ONU e promovendo a paz e o desenvolvimento mundial com outros países.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.